quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

I tell you one thing, it's always better when we're together.

Da primeira vez que aqui vim era tudo desconhecido, não havia memórias nem imagens associadas a nenhuma das casas, ou ruas, ou cafés por onde passava. Era um lugar como outros onde eu nunca estive, com uma particularidade. Lembro-me de abrir a porta do carro, inspirar bem fundo e de dizer "Cheira a mar!". Cheirava a mar, como tantos outros lugares à beira mar cheiram. Havia um pouco de vento a mais, mas lembro-me do meu pai dizer que "Nas cidades à beira mar é sempre mais ventoso". Aparentemente era uma cidade como tantas outras, e eu não gostava do facto de (ainda) não me sentir em casa e de (ainda) não reconhecer nenhuma das casas, ruas, cafés ou pessoas por onde eu passava, mas lembro-me de me dizerem que "É normal porque é tudo novo, as recordações levam tempo a serem "criadas", e um dia aqui vai cheirar não a mar, mas a casa".
Hoje, quando abro a porta do carro e inspiro bem fundo, digo sempre "Cheira a mar!", porque o mar agora cheira a casa, e não a qualquer outra cidade que é mais ventosa que o normal. Hoje, quando passo pelas mesmas casas, ruas ou cafés, vejo muito mais que isso. Vejo pessoas, histórias e recordações que não precisaram de muito tempo para serem criadas, porque aqui, à beira mar, há muito amor que faz bem, e paz que sossega o coração.

And all of these moments just may find their way into my dreams tonight, but I know that they'll be gone when the morning light sings and brings new things for tomorrow night, you see that they'll be gone too. Too many things I have to do. But all these dreams find their way to my day to day scene. Let me tell you thing, it's always better when we're together.

12 comentários:

Débra disse...

está lindo mariana :D

fi, disse...

cheira a mar e reconforta-nos o coração não é assim? é a nossa Veneza pequenina, é Aveiro com todas as recordações bonitas e doces que vão estar sempre connosco, sempre a cheirar a mar. :)*

fi, disse...

oh que querida que és! e é claro que tu também fazes parte das minhas, sem dúvidas! =D
beijo enorme marianinha.:')***

Silvana disse...

Belissimo texto.
transmites tão bem aquele sentimento de estranheza e desconforto no inicio...não nos sentimos tão á vontade num sitio que não nos é familiar, mas com o tempo tudo isso se transforma :)
*

Ana disse...

Na minha casa não cheira a mar, mas é à beira-mar que o meu coração é mais feliz, sem dúvida.
És um sorriso, Marianinha. *

disse...

é tão bom ler-te :)

Beatriz disse...

Lindo!:)
Beijos!

Filipa disse...

passa no Acontece e recebe um miminho que se encontra no último post!

:) um selinho de amizade!

Beatriz disse...

Lindo!^^

Matilde disse...

Tenho um selinho para ti no meu blog!!

Beijinhos grandes!!

Matilde disse...

Tenho um selinho para ti no meu blog!!

Beijinhos grandes!!

Matilde disse...

Tenho um selinho para ti no meu blog!!

Beijinhos grandes!!