quinta-feira, 2 de abril de 2009

Coração mudo.

Tenho sonhos presos nos meus caracóis longos e soltos de menina, sinto sorrisos (espontâneos) a deambular pela minha boca, no nariz trago pousados os óculos de sol que mal se seguram, e talvez ainda um ou outro beijinho teu que não se tenha perdido ou ido embora. Ouço segredos que se fecham a sete chaves no coração, melodias doces que me iluminam a alma e ainda fortes trovões que aterrorizam os sonhos que tenho presos nos meus caracóis longos e soltos de menina. E os meus olhos, oh os meu doces olhos esverdeados, não têm muito para ler, posso até dizer que nos meus olhos não tenho sonhos, não sinto sorrisos, não trago pousados os óculos e muito menos um ou outro beijinho teu, nem ouço segredos, melodias ou trovões. Não sei que brilho viste nos meus olhos, mas eu não o vejo. Olho ao espelho e só lá está o verde - acastanhado (parecido com o teu até)- que sempre esteve, muito antes de tu teres estado. E não me digas que é por no espelho não estares tu e que por isso não há brilho nos meus olhos, porque os olhos são para cada um ver (o que quer), e não para contar o que cada um sente e deixar que alguém os leia.

No Coração trago a irmã e a mãe, que me aconchegaram o peito durante a noite, e me aqueceram com um abraço quando me fizeste acreditar que o brilho que os meus olhos nunca tiveram tinha desaparecido.


"And I told you to be patient, and I told you be fine, and I told you to be balanced, and I told you to be kind. Now all your love is wasted? Then who the hell was I?"
coração mudo (o teu).

9 comentários:

Joana Éme. disse...

we love you.

vejo-nos às três nas escadas porquê? ;)


o teu melhor texto, não sei se pelas melhores razões, amor.
que o teu coração não seja mudo, nem uma só vez, filhota.

Tani disse...

(concordo..o teu melhor.)


Honey, os teus olhos tem o brilho. Nós continuamos a ver. (estou.te a dar um abraço, esta bem?)


Copos grandes vinho ;)

Qel disse...

Pelo que vejo, não sou só eu quem está forte e isso é algo de muito bom e, no final, quem sabe, revelar-se-á algo de gratificante também.
«Tenho sonhos presos nos meus caracóis longos e soltos de menina (...)». Solta o cabelo e continua, sempre, a dar voz ao coração (:
Um beijinho *

Davi(d) disse...

mais um texto bonito Mariana. nota-se perfeitamente que tens vindo a aperfeiçoar nestas áreas :)
um beijinhoo *

disse...

oh Mariana os teus textos são sempre tão bons e tão agradáveis de ler! :)
um beijinho

Litle Princess disse...

Ola!
O texto esta fantastico!!
Alias todos estao!
Keep writing! your texts are really great!!!!!!

Litle Princess disse...

Sei que ja deixei um comentario mas adorei o texto!
Tens mesmo muito jeito para escrever! Parabéns!!!!
Continua assim e nunca deixes que alguem tire o brilhos dos teus olhos, pois ninguem tem o direito de o fazer! Nao so a ti mas a todas as pessoas!
Kisses from a girl who also wishes to be a Princess!!!

Joana Éme. disse...

o anônimo ganhou nome abstracto (a)

e isto sou eu com influências brasileiras LOL
SIT! JUNTO! SENTADO E CALADO!


eu vejo brilho nos teus olhos.
nas tuas palavras, nas tuas acções.
e quando a saudade apertar - porque vai apertar - vou estar contigo para brincar dji adólétá com ela :p

Mariana disse...

meu amor, adoro os teus textos, adoro a coerência, a harmonia. não sei explicar melhor, mas gostei imenso do blog (:

a tua mariana, sis*