quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

A Saudade dói.

Só há uma coisa que o tempo não cura: a Saudade.
O coração começa a ficar pesado e dele chovem lágrimas.
Talvez a Saudade se cure com o tempo, mas para isso deve ser preciso muito, muito tempo. Tanto tempo como o tempo que eu não tenho.
Quando o corpo se vai embora e com ele leva a mente (até muito, muito tempo) e apenas nos fica um coração de recordações, sentimos saudade, saudade essa que nunca cura, que faz do coração choverem lágrimas de tão pesado que está.

Não vai fazer agora um ano que partiste - aliás, para mim tu nunca partiste, continuas aqui no meu coraçãozinho pequenino por vezes leve e pesado- porque este ano não há dia 29 de Fevereiro, e não foi dia 28 nem dia 1 que o teu corpo fugiu e com ele levou a mente, deixando apenas ficar um coração de recordações... E aqui há dias encontrei uma fotografia nossa, e foi aí que a minha mãe me lembrou do dia (que não é dia porque não existe) que se aproximava e sabes do que me lembrei? Daquilo que escrevi há um ano atrás, aquilo que tu sempre dizias quando a Mafalda tinha medo de fazer uma prova. Na altura eu ainda era demasiado pequenina para perceber, estava mais interessada em chamar-te 'pécaris' ou nomes dos vilões da disney, ou então a fazer-te perguntas às quais não sabias responder (e eu bem que sabia que não sabias) para parecer que uma miúda de 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10, 11, 12, 13, 14, 15, 16 anos sabia mais que tu. Podia saber muito mais de ciências e desenhos animados, mas da vida, dessa matéria eras tu o mestre...

"Tens medo de viver? É o maior erro que podes cometer."

Um beijinho nesse teu coração grande que sempre tiveste e ainda o tens. *
(A Champion will always be a Champion. He was a Champion maker.)

8 comentários:

Débra disse...

O tempo nao cura a saudade e isso é verdade, mas se temos saudade é um bom sinal, é sinal de que o que vivemos foi bom.

Vive o lado bom da saudade Marianinha e encara com um sorriso e não com essa dor.
Porque nao gosto mesmo de ver essa dor que sentes.

Um beijnho grande Marianinha :D

Joana Éme. disse...

*abraça-te muito, muito*

Davi(d) disse...

A saudade tem sempre os dois lados 'da moeda': pode ser encarado de uma forma negativa ou positiva. estás a encarar da forma negativa e não gosto de ver a dor neste texto.
mas mesmo assim, um grande texto! :D
beijinho Mariana :*

Débra disse...

Fomos desde a Blanco abeira do via até a S.Bento para ir ter contigo e a chover mesmo muito e sem guarda-chuvas xD
e tu tens que vir connosco a festivais, se quiseres marianinha :D

um beijinho :*

MafaldaMacedo disse...

sou da opinião, porque sempre tive provas disso, que a saudade pode simplesmente fortaleçer mais uma amizade. porque é a distancia e a ausencia que avivam a necessidade dessa pessoa, e nos faz lutar e esforçarmo-nos para ao maximo, conseguir matar essa saudade.
Beijinho*

MafaldaMacedo disse...

Um meme para ti no meu blog :)
aqui: http://fairy-tale-torn.blogspot.com/2009/03/dum-detalhe-mais-uma-vez-desafia.html

(não te esqueças que os memes só devem ser passados para pessoas que ainda não o fizeram) Beijinho.

Tani disse...

Sabes que ja me falaste tantas vezes desse senhor, e de cada vez que o fazes, o brilho nos olhos mantem-se.


Gosto tanto de ti, maninha :)

F. disse...

Grande texto :')