sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

dancing through life... *

Já chega de nevoeiros que arrastam chuva fria e pesada. Deixem entrar o Sol!
Quero que venha aquele vento quente e abafado que traz com ele o cheiro e o sabor, estranhamente doce, a marezia. O chá deixa de ser quente, mas até gelado sabe bem, e é tão bom quando vem acompanhado de umas gargalhadas melodiosas..
Vamos pegar na mochila velha que encostamos a um canto, não quero saber se está na hora de calcular logaritmos ou limites, eu quero cantar as glórias dos meus heróis e heroínas, quero ir para além do arco-íris, para a segunda estrela à direita, eu quero é ir com o vento e as cores que ele tem.
Vejo três cabeças ao fundo, uma loira, outra ruiva e uma morena,... e assim começo a pintar o quadro.


"Kiss me goodbye, I'm defying gravity
and you can't pull me down..."

5 comentários:

Débra disse...

Escreves tao bem ;D
e falaste em logaritmos e limites que me deixa --' xD
Um beijinho :*

Davi(d) disse...

Gostei tanto deste texto. Por mim, deixava entrar o Sol. :)
beijinho *

Davi(d) disse...

às vezes são coisas demasiado complicadas que não dá para fazer mais nada. Um dia, sou capaz de explicar (-te) :)
beijinho *

Jo. disse...

Vejo três cabeças ao fundo, uma loira, outra ruiva e uma morena,... e assim começo a pintar o quadro.


A Ruiva gosta muito da Morena :')
amor, se soubesses a força que trago comigo por ti.
Merecias o Mundo para lá da estrela à direita.

Beyoncé - Halo.

Jo. disse...

tu vais ter o conto de fadas.
pode não ser agora, ou com ele, mas vais.


e precisei de escrever para que percebas que estive atenta, que não te soube dizer assim mas que vou ficar do teu lado, com um abraço interminável, sempre.
amo-te, filhota.